Artigos
Quarta-Feira, 29 de Junho de 2016, 18h17   (Atualizada 29/06/2016 às 18:17)

Sobre o caso: Duvivier e Marco Feliciano

GALLI DEFENDE FELICIANO

Nos últimos anos virou moda utilizar o “pseudo humor” para atacar pessoas e suas crenças, em especial, o cristianismo. Lamentavelmente vimos o repertório de “deboches” se multiplicar, agredindo e vilipendiando tudo aquilo que os cristãos professam e seguem.

 

“Alguns artistas de esquerda", usam a prerrogativa da liberdade de expressão para atacarem a liberdade religiosa de 86,8% da população brasileira, formada por católicos e evangélicos (IBGE, 2010). Então, pergunto: Qual o respeito que estes “artistas” tem pelos cidadãos do nosso país? Respondo: Nenhum. 

 

Nesta terça-feira (28), o colega Deputado Marco Feliciano (PSC-MT), por telefone, participou ao vivo do Programa Pânico da Rádio Jovem Pan. O Deputado cristão desmentiu e denunciou o humorista Gregório Duvivier, participante do programa. Feliciano questionou o ódio da esquerda contra os cristãos.

 

Para quem ainda não conhece, Duvivier é militante da esquerda, comunista-progressista confesso e apoiador do petismo no Brasil, um dos beneficiados pela Lei Rouanet e integrante do grupo Porta dos Fundos.

 

Gregório atacou Feliciano dizendo que muitos cristãos teriam vergonha e não apoiariam as pautas defendidas pela bancada cristã no congresso. Pasmem, Gregório citou a "não" legalização do aborto como exemplo de retrocesso social. Isso mesmo, ele disse que a bancada cristã não representa os cristãos por não apoiar pautas progressistas-marxistas, a exemplo da legalização do aborto. Este rapaz, ou é mistificado ou é cínico. Então, pergunto: De quais cristãos este “humorista-esquerdista” está se referindo? Afinal, um cristão que defender Gregório Duvivier e suas ideias progressistas, terá que recorrer a Bíblia, rever sua posição, pois apoiar o assassinato de inocentes não é ser cristão!

 

Este “menino” zomba daquilo que temos por santo. Citarei uma de suas últimas canalhices (quadro do Portas dos Fundos), a que diz respeito à concepção de Cristo, tratou do tema como se "Maria tivesse tido um caso com o anjo". E, para completar, no programa Pânico, Duvivier questionou o Deputado Marco Feliciano, em certo momento do debate: " você viu o hímen de Maria?". É um verdadeiro escárnio!

 

Temos que compreender qual o motivo de tantos ataques direcionados especificamente para nossa fé. Todavia, o grupo humorístico liderado por Fábio Porchat e Gregório Duvivier não tenha colhões para satirizar outras religiões, como por exemplo o Islã, não podemos acreditar que seja, somente, por temor de retaliação. Na verdade, a resposta está no fato de defenderem uma ideologia anticristã que busca atacar, de todas as formas, os pilares que sustentam a civilização ocidental. O marxismo, ideologia defendida por Duvivier, é essencialmente antagônico ao cristianismo. O modo de vida defendido pelo “artista” encontra barreiras no modelo filosófico grego, no direito romano e principalmente na fé cristã, por isso o objetivo de destruição completa dos valores judaico-cristãos.

 

Está correto um católico ou evangélico defender um tipo de humor que ataca a divindade de Jesus Cristo? Desejo que se faça um exame de consciência. Não odiamos os anticristãos, mas devemos odiar suas práticas anticristãs.

 

Não se enganem com essa gente, porque eles apenas "concebem a malícia, e dão à luz a iniquidade, e o seu coração prepara enganos", Jó 15.35. Antes devemos buscar a verdade que está na palavra que nos leva sempre à justiça divina.

 

Para aqueles que vêem nisso apenas uma brincadeira, fica como destaque uma passagem bíblica: "Como o louco que atira tições, flechas, e morte, assim é o homem que engana o seu próximo, e diz: Fiz isso por brincadeira", Provérbios 26.18-19.

 

Victório Galli é professor e deputado federal (PSC-MT)

Fonte: Victório Galli
Voltar

(61) 3215-5539  dep.victoriogalli@gmail.com


Deputado Federal Victório Galli © Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR